domingo, 19 de setembro de 2010

Primavera sem flores

A experiência de estar ajudando minha mãe a suportar uma doença grave é o melhor professor que tive nas últimas décadas. Capacidade de separar o que é importante do que não é, valorização do presente, busca de intensidade em cada minuto de vida e compreensão do valor da solidariedade estão entre as lições que tenho assimilado toda vez que entro na UTI para uma visita. O sofrimento, embora ensine dolorosamente, é um grande mestre.

2 comentários:

Fernanda disse...

Desejo-lhe coragem para si e sua mae... as grandes licoes vem mesmo das coisas mais dificieis. isso nos demonstra a nossa incapacidade e o quamto somos tolamente convencidos.

Maria Rita disse...

Já passei por momentos assim, os médicos me disseram que o melhor era me despedir, que meu pai provavelmente não sobreviveria a cirurgia que estava prestes a fazer, mas não havia outra opção. Só Deus sabe o que foi entrar e sair daquela UTI. Graças a Deus...ele sobreviveu...eu renasci.
Muita luz pra ti e faço votos que sua mãe se recupere logo.

Adorei o Blog, voltarei mais vezes.

Beijos moço