sábado, 17 de abril de 2010

Equação

A quantidade de estrelas avistáveis a olho nu nas noites claras e plácidas das pequenas cidades do interior é diretamente proporcional ao desejo que os olhos têm de se perder na imensidão azul.

1 comentários:

Lady disse...

Oi!
Vim conhecer seu espaço se não se importa.
Fiquei sem palavras ao ler o que escreveu aqui.
Você foi perfeito.
Tenha uma ótima tarde.
Abraço