domingo, 14 de dezembro de 2008

Sob o céu de dezembro


Afrontei o mau tempo e fui ao quintal na noite de sexta-feira para fazer mais uma observação astronômica. Com o céu encoberto de nuvens, sem permitir qualquer vislumbre de astros, e com o vento assobiando alto e balançando as folhas das árvores próximas, enxerguei, durante 20 minutos, as seguintes coisas, devidamente anotadas.

1 – O melhor objeto para a observação de estrelas em noites de mau tempo não é um binóculo, uma luneta ou um telescópio: é um assento confortável, de preferência uma cadeira com espaço para repousar os braços.

2 – Pré-requisito: só pode realizar uma observação produtiva em noites desse tipo quem efetivamente conseguiu vencer a vontade de estar dentro de casa buscando se abrigar do vento e da chuva forte. A observação feita de trás de janelas, ainda que largas, não tem o mesmo efeito, pois impede a constatação cientificamente relevante de que o homem deve se sentir em casa em qualquer ponto sob o céu.

3 – Depois de observar o mau tempo nos céus por alguns minutos, deve-se fechar os olhos calmamente e realizar intensa concentração a fim de expulsar da mente as idéias sugeridas pelos ambientes de luz artificial. As luzes aparecem, em média, depois de um período de 10 minutos com os olhos fechados. Não se deve abri-los, sob pena de não se enxergar mais nada. (Se eles forem abertos casualmente, deve-se tentar de novo o mesmo procedimento, até que ele dê certo. É fundamental não ter pressa).

4 – Em noite de temporal, é preciso ter estrelas interiores, ou seja, é preciso que a luz esteja dentro de nós. Reivindico a paternidade desta humilde descoberta. O que não deverá ser contestado por ninguém, pois não passa de mais uma das ninharias da minha alma.

5 - A observação só estará completa quando o observador voltar para dentro de casa com a sensação de que sentiu a chuva e o vento no rosto pela primeira vez.

2 comentários:

Gl@uX-ray disse...

Olá! Márcio Almeida
Sinto-me linsonjeada por suas palavras de incentivo,pois fiz esse blogger sem pretenção alguma, e vc me deixou muito feliz com seus elogios, Obrigada!
Dei uma olhada em seus bloggers e também gostei muito do que vi,as pessoas de sua cidade devem ter orgulho de um porta voz tão verossímil.
Há! também notei que temos bastante coisas em comum,e estarei sempre aqui dando uma olhadinha.Um abraço!

Gl@uX-ray disse...

Respondendo sua pergunta: O meu nome é Gláucia Elaine, mais não estava disponível guando fiz o blogger, aí tive que colocar um apelido(apezar de não gostar de apelidos)mais foi o que mais parecia com meu nome.Respondido?